Publicado por: edvaniarosa | março 11, 2009

Taguatinga

Taguatinga é uma cidade-satélite ou região administrativa do Distrito Federal.
A cidade foi fundada em 5 de junho 1958, em terras que anteriormente pertenciam à fazenda Taguatinga. O nome tem origem indígena
e significa  “Ave-branca”, uma referência ao gavião-tesoura, ave predominantemten branca muito comum na região,

A tradução moderna do termo que denomina a cidade é “Barro-branco”, mas há polêmica sobre o assunto, já que não parece razoável que
este nome defina um lugar onde o barro é completamente vermelho. Inicialmente a cidade se chamava vila Sarah Kubitschek, mas depois seu nome
foi alterado para Santa Cruz de Taguatinga, permanecendo apenas Taguatinga. Não raro, é chamada pelos habitantes locais simplesmente como “Taguá”.
Esta cidade-satélite foi criada para desfazer as invasões que tomavam conta de Brasília. Os operários que se deslocaram de todo o Brasil
para construir a Nova Capital resolveram fazer ali também sua morada. Como, no entanto, eram pobres, invadiram terras e construíram barracos,
revelando para um país que cria em seu rápido desenvolvimento, a realidade de pobreza em que vivia sua população.

Criou-se Taguatinga, afastada 25km do Plano Piloto, nome dado à região administrativa de Brasília em contraposição às suas
cidades-satélites.

Taguatinga cresceu, porém, desenvolveu-se especialmente em função do comércio e dos empregos que sua população obtinha em Brasília.
Tornou-se um importante centro comercial dentro do Distrito Federal e pólo de atração para a população das cidade-satélites próximas, abrigando
shopping centers de grande porte. Taguatinga hoje chega a ser considerada a capital econômica do Distrito Federal, com 243.159 habitantes no ano
2000.
Algumas cidades que antigamente faziam parte da Região Administrativa de Taguatinga: Ceilândia, Samambaia e Águas Claras. A próxima região a ser
desintegrada de Taguatinga é o Setor Habitacional Vicente Pires e arredores.

Publicado por: patriciapatthy | março 11, 2009

Surgimento de Ceilândia

Em 1969, com apenas nove anos de fundação, Brasília já tinha 79.128 favelados, que moravam em 14. 607 barracos, para uma população de 500 mil habitantes em todo o Distrito Federal. Naquele ano, foi realizado em Brasília um seminário sobre problemas sociais no Distrito Federal. O favelamento foi o mais gritante. Reconhecendo agravidade do problema e suas conseqüências, o governador Hélio Prates da Silveira (gaúcho de Passo Fundo) solicitou a erradicação das favelas à Secretaria de Serviços Sociais, comandada pelo potiguar Otamar Lopes Cardoso. No mesmo ano, foi criado um grupo de trabalho que mais tarde se transformou em Comissão de Erradicação de Favelas.A cidade satélite de Ceilândia surgiu a partir de uma Campanha de Erradicação de Invasões (CEI), que aconteceu em 27 de março de 1971 pelo governo do Distrito Federal.Atualmente é estruturada por bairros: Ceilândia Centro, Ceilândia Sul, Ceilândia Norte, Ceilândia Leste, Ceilândia Oeste (Expansão do Setor O, QNQ, QNR…).  Alguns condomínios próximos da região como Pôr do Sol, no P Sul,  Sol Nascente, no P Norte e o Condomínio PrivÊ no Setor O, encontram-se em situação de regularização.Um dos maiores símbolos da cidade é a Caixa d’Água erguida no local onde foi fixada a pedra fundamental de Ceilândia, monumento histórico da Cidade. É o símbolo mais representativo de ceilândia; com uma arquitetura curiosa, foi erguida em 1973, hoje faz parte do cenário no cruzamento central de Ceilândia. Em 1984 nasci a Feira Central da Ceilândia que possui 460 boxes onde os nordestinos do Brasil se encontram.

Publicado por: patriciapatthy | março 11, 2009

Você sabe como surgiu a cidade de Ceilândia?

Em 1969, com apenas nove anos de fundação, Brasília já tinha 79.128 favelados, que moravam em 14. 607 barracos, para uma população de 500 mil habitantes em todo o Distrito Federal. Naquele ano, foi realizado em Brasília um seminário sobre problemas sociais no Distrito Federal. O favelamento foi o mais gritante. Reconhecendo a gravidade do problema e suas conseqüências, o governador Hélio Prates da Silveira (gaúcho de Passo Fundo) solicitou a erradicação das favelas à Secretaria de Serviços Sociais, comandada pelo potiguar Otamar Lopes Cardoso. No mesmo ano, foi criado um grupo de trabalho que mais tarde se transformou em Comissão de Erradicação de Favelas. A cidade satélite de Ceilândia surgiu a partir de uma Campanha de Erradicação de Invasões (CEI), que aconteceu em 27 de março de 1971 pelo governo do Distrito Federal. Atualmente é estruturada por bairros: Ceilândia Centro, Ceilândia Sul, Ceilândia Norte, Ceilândia Leste, Ceilândia Oeste (Expansão do Setor O, QNQ, QNR…). Alguns condomínios próximos da região como Pôr do Sol, no P Sul, Sol Nascente, no P Norte e o Condomínio PrivÊ no Setor O, encontram-se em situação de regularização. Um dos maiores símbolos da cidade é a Caixa d’Água erguida no local onde foi fixada a pedra fundamental de Ceilândia, monumento histórico da Cidade. É o símbolo mais representativo de ceilândia; com uma arquitetura curiosa, foi erguida em 1973, hoje faz parte do cenário no cruzamento central de Ceilândia. Em 1984 nasci a Feira Central da Ceilândia que possui 460 boxes onde os nordestinos do Brasil se encontram.

Fontes de pesquisa: (www.wikipedia.com.br) (www.ceilandia.df.gov.br)

Publicado por: projetofrida | março 11, 2009

Um video muito interesante sobre a história de Brasilia

Publicado por: anacilualmeida | março 11, 2009

Você sabe qual é a cidade pioneira do Distrito Federal???

O Nucleo Bandeirante, a antiga Cidade Livre, é a localidade pioneira do Distrito Federal.Nasceu em 19 de dezembro de 1956, com a chegada dos primeiros pioneiros para construção da nova capital do país. No período de construção de Brasília e durante vários anos, o Núcleo Bandeirante serviu de alojamento para os operários construtores da Nova Capital. Na época da construção da Nova Capital, a cidade , funcionou como centro comercial e recreativo dos candangos. As lojas comerciais atendiam a todos, sem horário estabelecido e sem pagamento de impostos, por isso se chamava Cidade Livre, lugar onde todos eram servidos, suprindo,acolhendo e enriquecendo muitos moradores.Formada basicamente por barracos de madeira, cresceu de maneira rápida e desordenada, devendo, após a construção da capital, ser retirada. A Cidade Livre pelo seu caráter precário, enfrentou, por diversas vezes, a ameaça de ser totalmente destruída por incêndios.Em 1971, foi decidida a construção de uma nova Cidade Satélite para receber cerca de 80 mil habitantes, oriundos das invasões do Núcleo Bandeirante: nascia Ceilândia. Foram erradicadas as vilas Placa da Mercedes, IAPI, Tenório, Esperança, Morro do Urubu e Querosene, perfazendo um total de 15000 barracos. Um dos nomes importantes, é do Pe. Roque Villiati, responsável pela construção e consolidação da cidade. Ele construiu a Paróquia São João Bosco situada na praça central da cidade e ponto dos moradores.

Publicado por: sergioeelaine | março 11, 2009

GUARÁ: Aposento de Brasília

É UMA REGIÃO ADMINISTRATIVA DO DISTRITO FEDERAL.COSTUMA-SE DESIGNAR POR GUARÁ I E GUARÁ II, BAIRROS OU DISTRITOS DESTA REGIÃO. COM UMA POPULAÇÃO APROXIMADAMENTE DE 120 MIL HABITANTES.
A SUA DISTÃNCIA DE BRASÍLIA É DE APROXIMADAMENTE DE 12 KM.ESSA REGIÃO ADMINISTRATIVA É CONSIDERADA POR MUITOS UMA CIDADE DORMITÓRIA DE BRASÍLIA.
SUA CONSTRUÇÃO FOI INICIADA EM 1967,CONSTRUIDA ATRAVÉS DO SISTEMA DE MUTIRÃO.
O NOME DA REGIÃO ADMINISTRATIVA TEM COMO ORIGEM O CÓRREGO DENOMINADO GUARÁ, SENDO BATIZADO EM HOMENAGEM AO LOBO GUARÁ COMO UMA ESPÉCIE COMUM NO PLANALTO CENTRAL.
ALGUNS PONTOS DE ATRAÇÃO:
PARKSHOPPING
FEIRA DO GUARÁ
TEATRO DE ARENA..

Publicado por: vilma13 | março 11, 2009

Samambaia a cidade dos sonhos

Samambaia é uma região administrativa de Brasília, que foi fundada em 1989 na tentativa de acabar com as invasões nas proximidades da Boca da Mata.O projeto urbanístico da área, no entanto, nasceu 11 anos antes.

Em 25 de outubro de 1989, Samambaia passa a ser a XII região administrativa.
A cidade de Samambaia obtém este nome devido ao córrego Samambaia localizado próximo as quadras 127 e 327.
Samambaia tem em sua maioria moradores vindo de diversas regiões principalmente das regiões nordestes e sudeste do país na perspectiva de um futuro melhor.
Para seus familiares em sua grande maioria de renda baixa o fato de muitos moradores ter ganhado sua moradia fez com que a cidade fosse considerada a cidade dos sonhos de muitas pessoas por conseguirem um lar onde teriam paz e tranquilidade. A história de tranquilidade. de sucesso e de ascensão social de sua população. Hoje, Samambaia é uma cidade em conclusão, modelo para muitas outras no Brasil.

Publicado por: patriciapatthy | março 11, 2009

Você sabe como surgiu a Cidade Satélite de Ceilândia?

Em 1969, com apenas nove anos de fundação, Brasília já tinha
79.128 favelados, que moravam em 14. 607 barracos, para uma população de 500 mil habitantes em todo o Distrito Federal. Naquele ano, foi realizado em Brasília um eminário sobre problemas sociais no Distrito Federal. O favelamento foi o mais gritante. Reconhecendo a gravidade do problema e suas conseqüências, o governador Hélio Prates da Silveira (gaúchode Passo Fundo) solicitou a erradicação das favelas à Secretaria de Serviços Sociais, comandada pelo potiguar Otamar Lopes Cardoso. No mesmo ano, foi criado um grupo de trabalho que mais tarde se transformou em Comissão de Erradicação de Favelas. A cidade satélite de Ceilândia surgiu a partir de uma Campanha de Erradicação de Invasões (CEI), que aconteceu em 27 de março de 1971 pelo governo do Distrito Federal. Atualmente é estruturada por bairros:Ceilândia Centro, Ceilândia Sul, Ceilândia Norte, Ceilândia Leste, Ceilândia Oeste (Expansão do Setor O, QNQ, QNR…). Alguns condomínios próximos da região como Pôr do Sol, no P Sul, Sol Nascente, no P Norte e o Condomínio PrivÊ no Setor O, encontram-se em situação de regularização. Um dos maiores símbolos da cidade é a Caixa d’Água erguida no local onde foi fixada a pedra fundamental de Ceilândia, monumento histórico da Cidade. É o símbolo mais representativo de ceilândia; com uma arquitetura curiosa, foi erguida em 1973, hoje faz parte do cenário no cruzamento central de Ceilândia. Em 1984 nasci a Feira Central da Ceilândia que possui 460 boxes onde os nordestinos do Brasil se encontram.
Fontes de pesquisa: www.wikipedia.com.br/www.ceilandia.df.gov.br
Publicado por: edvaniarosa | março 11, 2009

Nem Ave nem Barro: simplesmente Taguá

Taguatinga é uma cidade-satélite ou região administrativa do Distrito Federal. A cidade foi fundada em 5 de junho 1958, em terras que anteriormente pertenciam à fazenda Taguatinga. O nome tem origem indígena e significa “Ave-branca”, uma referência ao gavião-tesoura, ave predominantemten branca muito comum na região, A tradução moderna do termo que denomina a cidade é “Barro-branco”, mas há polêmica sobre o assunto, já que não parece razoável que este nome defina um lugar onde o barro é completamente vermelho. Inicialmente a cidade se chamava vila Sarah Kubitschek, mas depois seu nome foi alterado para Santa Cruz de Taguatinga, permanecendo apenas Taguatinga. Não raro, é chamada pelos habitantes locais simplesmente como “Taguá”. Esta cidade-satélite foi criada para desfazer as invasões que tomavam conta de Brasília. Os operários que se deslocaram de todo o Brasil para construir a Nova Capital resolveram fazer ali também sua morada. Como, no entanto, eram pobres, invadiram terras e construíram barracos, revelando para um país que cria em seu rápido desenvolvimento, a realidade de pobreza em que vivia sua população. Criou-se Taguatinga, afastada 25km do Plano Piloto, nome dado à região administrativa de Brasília em contraposição às suas cidades-satélites. Taguatinga cresceu, porém, desenvolveu-se especialmente em função do comércio e dos empregos que sua população obtinha em Brasília. Tornou-se um importante centro comercial dentro do Distrito Federal e pólo de atração para a população das cidade-satélites próximas, abrigando shopping centers de grande porte. Taguatinga hoje chega a ser considerada a capital econômica do Distrito Federal, com 243.159 habitantes no ano 2000. Algumas cidades que antigamente faziam parte da Região Administrativa de Taguatinga: Ceilândia, Samambaia e Águas Claras. A próxima região a ser desintegrada de Taguatinga é o Setor Habitacional Vicente Pires e arredores.

Publicado por: rafaelleasp | março 10, 2009

DO SONHO À REALIDADE

catedral1“Entre os paralelos de 15º e 20º havia uma depressão bastante larga e comprida, partindo de um ponto onde se formava um lago. Então, repetidamente, uma voz assim falou: “…quando vierem escavar as minas ocultas, no meio destas montanhas, surgirá aqui a terra prometida, vertendo leite e mel. Será uma riqueza inconcebível…”
(Retirado de: http://www.infobrasilia.com.br/bsb_h5p.htm#Fotos)
Do sonho de Dom Bosco até a construção da cidade de Brasília passou-se quase um século. O projeto de transferência da Capital do país já vinha desde a Independência em 1822. Ainda no século XIX, a Missão Cruls definiu o quadrilátero do Distrito Federal e demarcou o local da construção de Brasília. Coube a Juscelino Kubistchek a ousadia de levar adiante a concretização desse sonho. Em 1957 iniciou-se a construção da nova Capital e em 1960 ela foi inaugurada. Brasília é uma das poucas cidades planejadas do mundo, seu projeto urbanístico foi desenvolvido pelo arquiteto Lúcio Costa e o planejamento dos edifícios foi feito por Oscar Niemayer, um dos maiores arquitetos do país. A cidade era um grande canteiro de obras, onde trabalhavam os Candangos, trabalhadores principalmente provenientes do nordeste do país, que vieram atraídos pelo sonho de participar do novo El dorado brasileiro. Atualmente Brasília é um pólo irradiador de desenvolvimento das regiões norte e centro-oeste. A população inicial prevista para 500 mil habitantes já ultrapassou a casa dos 2 milhões e a cidade vem mostrando ao mundo uma capacidade de crescimento que fugiu ao controle de qualquer planejamento inicial. Não seria essa a confirmação do sonho de Dom Bosco?

Older Posts »

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.